Quando mudar a liderança

Share

Em um passado não muito distante, era muito comum eleger líderes de acordo com sua habilidade técnica e tempo de departamento.

Entretanto, com mercados cada vez mais competitivos e economicamente instáveis, foi preciso redefinir o papel do gestor dentro da empresa.

quando mudar a liderança

Quando mudar a liderança?

Ninguém é perfeito. Estamos sempre em constante evolução e aprendizado.

Mas quando a questão é liderança, espera-se dos gestores que cada ação executada seja exemplo a ser seguido e consequentemente isento de erros.

Não existe tolerância para erros. Tampouco perdão para aspectos negligenciados pelo líder. O que toda empresa espera de seu gestor é que cumpra os objetivos de sua função e alcance resultados positivos.

“Riscos sempre foram uma constante em qualquer negócio, originados especialmente nas pressões exercidas por fatores externos, seja governo, sociedade, clientes, concorrência” (Vânia Alencar – gerente da Luandre, consultoria de Recursos Humanos).

A habilidade de liderar vai muito além da qualificação em si.

“Independente da área, hoje o gestor é mais cobrado para liderar efetivamente pessoas, estimulando-as e influenciando-as para que atinjam resultados”, opina Marcelle Oliveira, também gerente da consultoria.

Devido à cobrança mais intensa, vive-se o momento de analisar os líderes da empresa e rever processos. Para fazer isso, é possível identificar sinais que indicam a necessidade de mudanças na gestão da empresa:

Complacência

A queda no entusiasmo torna o líder menos disposto a discussões construtivas e a expor suas opiniões, por isso, ele se torna mais leniente.

Conformismo

Perder a capacidade de se aventurar no desconhecido. Falta de motivação. A estagnação também impede que o gestor reveja comportamentos, repense estratégias e conheça novas táticas.

Individualismo

Quando percebe que o gestor se preocupar apenas ou prioritariamente com o próprio sucesso, normalmente a equipe deixe de vê-lo como um líder a ser seguido. Desta forma, a liderança perde um de seus méritos mais importantes: o de inspirar os colaboradores.

Cobranças excessivas

A busca constante de resultados pode implicar em um desequilíbrio entre o fator pessoal e os números da planilha. “Não podemos perder o foco nas pessoas e no clima organizacional”, aponta Marcelle.

Considerações finais

Liderança é a capacidade de influenciar pessoas para, juntas, atingirem os objetivos definidos.

Se esses objetivos ou metas não são atingidos, talvez seja hora de mudar a liderança. Os sinais apresentados anteriormente indicam que o líder está falhando. E isto pode comprometer toda organização.

Referência(s)

Administradores.com – Sinais de que é preciso mudar a liderança da equipe.

Atitude e Negócios -Liderança: Conheça 3 Erros comportamentais de liderança.

Autor: Ronaldo Lundgren

Possui graduação pela Academia Militar das Agulhas Negras; é Mestre em Estudos Estratégicos pelo US Army War College; e Doutor em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Deixe uma resposta