Pessoas que fazem a diferença

Share


por Ronaldo Lundgren.

Pessoas que fazem a diferença

Fazendo minha caminhada matinal, cruzei com uma funcionária da limpeza pública. Ela chamou minha atenção por seu semblante de disposição para o trabalho. Parei e comecei a conversar. Perguntei-lhe o que estava fazendo e ela me respondeu: estou cuidando da praia de Botafogo, pra ela ficar mais bonita.

Pessoas que fazem a diferença
Pessoas que fazem a diferença

Que bom se todos funcionários tivessem a percepção de seus trabalhos como aquela gari. Seria bom, primeiramente, para eles próprios, pois sairiam de suas casas com mais vontade e com um sentimento de estar realizando algo importante. Bom para as empresas, que teriam colaboradores mais comprometidos, faltando menos ao expediente. Bom para as famílias de cada funcionários, porque felicidade contagia.

Para sentir que está fazendo algo útil uma série de coisas aconteceram anteriormente. Ambiente de trabalho, moldado pela liderança que está próxima do funcionário, talvez seja o ponto de partida. Reconhecimento de como cada pequena tarefa contribui para o conjunto final, pronto e acabado para ser entregue ao cliente, é questão de liderança. Fazer o funcionário entender que não está apenas limpando a sujeira das pessoas, mas que está embelezando a cidade, é tarefa do líder.

Na organização onde você trabalha, algumas coisas estão além da sua competência. Por exemplo: talvez você não possa aumentar salários, pagar hora extra ou mesmo reposicionar um funcionário. Outras medidas, no entanto, estão ao seu alcance.

Conhecer cada indivíduo

Além de nome e endereço de moradia, procure conhecer as principais características  individuais de cada funcionário. Anote seus parentes mais próximos, datas importantes, condições de saúde, tempo de deslocamento de casa para o trabalho. Essas anotações vão lhe ajudar a conhecer melhor, antecipando-se a problemas e ajudando a motivar as pessoas.

Conhecer o grande quadro

No livro “O Mundo de Sofia”, o autor Jostein Gaarder, cria a figura de “sair da pelagem do coelho” para convidar as pessoas a olharem de cima, a entenderem o todo, a perceberem  como suas ações estão sendo impactadas e estão impactando todo o conjunto. Procure fazer isso. Ajude seus funcionários a fazerem também.

Fazer a diferença

“Todo dia ela faz tudo sempre igual.” A música que Chico Buarque cantava na década de setenta serve de mote para fazer diferente. Faça parte do grupo de pessoas que fazem a diferença. Se seu trabalho não fosse importante, ele não existiria. Conheça-o bem, com profundidade. Faça a diferença.

Pena que acabou. Mas, você pode ajudar…

Caso tenha gostado, por favor não deixe de curtir e compartilhar. Obrigado.

Autor: Ronaldo Lundgren

Possui graduação pela Academia Militar das Agulhas Negras; é Mestre em Estudos Estratégicos pelo US Army War College; e Doutor em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Deixe uma resposta