Como liderar com inteligência emocional

Share

por André Bartholomeu Fernandes.

Como liderar com inteligência emocional

Quando eles são capazes de ajudar os outros a serem melhores, as coisas que todas as empresas buscam, como aumento dos lucros, comprometimento, empenho, criatividade e inovação surgem naturalmente.

Então, como é que um líder desperta o melhor dos outros?

Ele começa com a inteligência emocional. Mas do que apenas as habilidades pessoais, a inteligência emocional é uma poderosa consciência sobre nós mesmos e sobre os outros.

Isso nos dá capacidade de escolher novas formas de lidar com as situações difíceis e de se libertar de velhos hábitos de pensar e de agir que não produzem os resultados que queremos.

Quando a inteligência emocional é alta, a enorme quantidade de energia da equipe que é desperdiçada cem coisas como falta de comunicação, mal-entendidos, tensão e conflitos é libertada e pode ser direcionada para a produtividade.

Aqui estão algumas dicas de como grandes líderes podem desenvolver sua inteligência emocional.

#1. Tenha coragem de olhar para si honestamente

Grandes líderes olham para todos os lados. Pontos cegos e comportamentos não úteis que aparecem sem que você perceba pode ser um grande impeditivo.

Ao invés de fugir de seus momentos menos lisonjeiros e dar desculpas, eles aceitam o que veem. Quando eles veem algo que não gostam, eles procuram uma melhor forma de fazer o que tem que ser feito.

#2. Lide com a bagunça que todos evitam

Muitas vezes as pessoas gostam de pensar em um negócio como algo lógico e racional, e não emocional.

Na verdade, nada pode estar mais longe da verdade. Os sentimentos e as emoções de todos nós experimentamos aparecem no trabalho da mesma maneira que aparece em casa.

Grandes líderes sabem que, para qualquer grupo de pessoas maximizar o seu potencial, elas devem aprender a lidar de forma eficaz com o lado humano do negócio.

#3. Construa confiança

Confiança é a base de qualquer relacionamento saudável, produtivo e rentável. Grandes líderes entendem isso.

Eles sabem que suas palavras e ações são o que constroem ou destorem a confiança. Quando a confiança é corroída, eles agem rapidamente para repará-la, para que todos possam voltar ao normal.

A confiança é a base para um líder construir uma equipe de sucesso.

A confiança é a base para um líder construir uma equipe de sucesso.

#4. Esteja disposto a ser vulnerável

Eles sabem que não temos todas as respostas porque ninguém está 100% certo todo o tempo.

Isso incentiva as pessoas a agirem da mesma forma, aliviando assim a pressão incapacitante para sermos perfeitos e nunca cometermos um erro.

#5. Seja autêntico

Grandes líderes são eles próprios, em vez de tentar serem outra pessoa.

Suas palavras e ações são congruentes com o que eles pensam e sentem por dentro, e isso cria uma enorme confiança.

#6. Mude a visão de liderança

Em vez de enxergar a liderança como algo de responsabilidade de executivos de alto nível, veja a liderança como uma responsabilidade que todos podem compartilhar.

Grandes líderes pedem a participação de todos, procuram ideias e reconhecem que as ações dos outros contribuem diretamente para o sucesso ou fracasso da empresa.

Isso proporciona maior criatividade, inovação e capacidade de resolução de problemas.

#7. Seja curioso

Grandes líderes entendem que precisam ser capazes de ver as coisas de uma perspectiva diferente que lhes permite descobrir oportunidades escondidas, encontrar as melhores soluções para os problemas e inovar sem tanto esforço.

A curiosidade é a grande chave para novas descobertas.

A curiosidade é a grande chave para novas descobertas.

#8. Abra espaço para os outros

Grandes líderes entendem a importância de compartilhar os holofotes e abrem espaço para os outros crescerem, terem sucesso e prosperar.

#9. Gerencie a energia

Grandes líderes entendem a importância do gerenciamento de energia. Seja a sua energia, ou a dos outros.

Eles estão constantemente em sintonia com o que está acontecendo na organização, certificando-se de que a energia é dirigida na direção certa, e que a organização não é nem um pouco produtiva à beira do esgotamento.

___

Este artigo foi adaptado do original, “10 Ways to Be a Great Leader”, da TrainingMag.

Autor: Ronaldo Lundgren

Possui graduação pela Academia Militar das Agulhas Negras; é Mestre em Estudos Estratégicos pelo US Army War College; e Doutor em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Deixe uma resposta